Conceito e aplicações da tendência well-being nos interiores

conceito WELL Light do VAZ Batel

Os últimos anos estimularam um novo olhar sobre os ambientes da casa e aspectos atrelados à saúde e ao conforto. Dados divulgados pelo instituto Global Wellness mostraram que a indústria global ligada a bem-estar cresceu 12,8% desde 2020. Atualmente, esse setor movimenta mais de 5,3% da economia mundial. Confira mais abaixo sobre o conceito e as aplicações da tendência well-being nos interiores.

A tendência well-being

O atual conceito de morar demanda um novo ritmo, voltado ao essencial, ao que tem real significado na vida das pessoas. Nesse contexto, os lares estão sendo revistos sob uma abordagem mais abrangente.

Assim, passam a prevalecer texturas aconchegantes, espaços de convívio, elementos naturais, áreas verdes e ambientes versáteis e multifuncionais, que atendem a rotinas flexíveis e a práticas de autocuidado, saúde e bem-estar.

Nesse cenário, a tendência well-being (literalmente “bem-estar”) impulsiona a conexão com valores e aspectos que agregam mais sentido à vida. Para entender melhor sua aplicação nos interiores, é interessante analisar outras três tendências associadas que traduzem a busca pelo essencial, especialmente no contexto pós-pandemia:

  • Ways of Being (“formas de ser”): remete à busca por um estilo de vida mais fluido e flexível que, atualmente, traduz-se em ambientes dinâmicos e adaptados a demandas de trabalho, descanso e conexão com as pessoas.
  • Flourisihing (“florescer”): estimula a preferência pelo que gera bem-estar, calma e conforto, dispensando o que não é essencial. Nas residências, essa tendência se reflete em ambientes minimalistas, funcionais, organizados e aconchegantes.
  • Hopefulness (“esperança”): o termo traz uma abordagem próspera e de confiança após períodos de incerteza, agregando ao dia a dia pequenos prazeres, simplicidade e hábitos que proporcionam contentamento.

Confira 5 hábitos saudáveis fundamentais para a longevidade

Texturas e aconchego

espaços de convívio, elementos naturais, áreas verdes e ambientes versáteis

Tanto no design sensorial como em interiores voltados à tendência well-being, a inclusão de elementos com textura é uma das principais estratégias para estimular nos ocupantes as sensações ligadas ao toque, como aconchego.

Nesse sentido, materiais como seda, lã e veludo, bem como elementos como mantas, almofadas e tapetes, ajudam a criar ambientes acolhedores que incentivam a permanência e os momentos de relaxamento.

Os revestimentos texturizados geram sensação de aconchego semelhante. Alguns exemplo são acabamentos com superfície acetinada – que remetem ao toque suave da seda – e revestimentos de madeira, que elevam a sensação de acolhimento por meio de tons quentes e terrosos e do conforto térmico proporcionado.

Memórias afetivas na tendência well-being

A tendência well-being é incorporada, também, por meio de elementos que estimulam a memória afetiva, despertando lembranças e as sensações agradáveis que elas trazem.

Assim, peças artesanais, souvenires, porta-retratos e demais elementos ligados às experiências pessoais ajudam a criar conexão com aquilo que é realmente importante para cada um.

Em projetos da geroarquitetura, por exemplo, o estímulo a lembranças é uma das principais estratégias de promoção de boas sensações, seja por meio de objetos pessoais e móveis retrôs na decoração, seja por elementos de valor sentimental para os moradores.

Conexão com elementos naturais

Em decorrência do isolamento social dos últimos anos, a conexão com a natureza tornou-se uma das principais formas de agregar bem-estar e leveza à rotina nos interiores.

Dentro da tendência well-being, essa relação pode ser estabelecida por meio de materiais e acabamentos naturais como o bambu, o mármore, a palha e a madeira. Distribuir espécies vegetais como suculentas, cactos e samambaias também contribui para o bem-estar.

As plantas podem ser colocadas em vasos, hortas verticais e telhados verdes e oferecem como benefícios melhor qualidade do ar interno, menos estresse na rotina, frescor e mais bem-estar e relaxamento.

Para além dos elementos naturais em si, utilizar cores que remetem ao meio ambiente ou desenhos botânicos é outra estratégia interessante. Alguns exemplos são as tonalidades de verde e azul, as estampas florais e as formas que reproduzem a silhueta das montanhas ou o movimento das águas.

Espaços restauradores

Conexão com elementos naturais

Dentro da tendência well-being, os projetos que permitem conexão com o essencial e com a natureza podem ser entendidos como espaços restauradores. Em sintonia a esse movimento, imóveis-arte como o VAZ Batel compreendem diversas áreas destinados ao bem-estar e a momentos de relaxamento para você se desconectar da rotina.

Uma delas é o spa, no pavimento ático, que envolve os moradores em uma atmosfera tranquilizante, com piscina aquecida com jatos de hidromassagem, cortina d’água e futons que parecem flutuar sobre a água. As esquadrias 180° para entrada plena de luz solar também geram sensação de conexão com a natureza e estão alinhadas com o design biofílico.

Outro espaço do VAZ Batel que proporciona momentos de bem-estar é o solário, onde os moradores poderão fazer uma pausa e receber saudáveis doses de iluminação natural – essencial para regular a imunidade e o ritmo circadiano.

Na cobertura do imóvel-arte, o rooftop irá oferecer aos ocupantes um inconfundível refúgio de lazer e conexão com o exterior, no qual será possível desfrutar a vista da cidade por diferentes ângulos, ao ar livre e circundado por uma vegetação revigorante.

Tendência well-being nos imóveis-arte Laguna

tendência well-being incorporado nos imóveis Laguna
ROOFTOP – VAZ BATEL

Em sintonia com a tendência well-being, a Laguna incorpora em imóveis-arte como o VAZ Batel diversos recursos e elementos que promovem bem-estar de dentro para fora. Nele, o consagrado selo WELL atesta ambientes produtivos, saudáveis e estimulantes, a partir de critérios como água, ar, comunidade, conforto térmico, luz, materiais, mente, movimento, nutrição e som.

Alinhado ao conceito WELL Light, por exemplo, o VAZ otimiza a entrada de luz natural que favorece a saúde mental, visual e circadiana dos moradores, bem como o humor, a produtividade e a qualidade do sono.

Entre os diferenciais que promovem saúde e qualidade de vida atestados pelo selo WELL, o VAZ Batel terá: sistema de monitoramento da qualidade do ar nas áreas comuns, promoção da saúde nutricional, acesso à natureza (espaços abertos e áreas vegetadas) e incentivo à prática de exercícios físicos.

Estes terão um local dedicado na academia do imóvel-arte, equipada para um treino completo com espaços de musculação e cardio independentes. Nessa área inconfundível do VAZ, amplitude, leveza e tranquilidade criam a atmosfera perfeita para momentos de autocuidado e movimento, em um ambiente visualmente conectado à área da piscina.

Já no Espaço Pet será possível experienciar mais bem-estar, descontração e conexão com os bichos ao ar livre, em uma área repleta de verde pensada para o lazer e a diversão de todos. No dia a dia, esse contato com os animais tem o potencial de elevar o humor, a disposição e os níveis de serotonina dos donos – conforme aponta uma pesquisa realizada pela Universidade do Contestado.

No imóvel-arte AMPIO, por sua vez, outros fatores que irão gerar conforto e elevar a sensação de bem-estar dos moradores são: piso aquecido, esquadrias de alto desempenho térmico e acústico, vidros laminados ou insulados e kit silencia nas portas de entrada e suítes.

Confira em nosso site mais detalhes e diferenciais de conforto e bem-estar dos nossos inconfundíveis imóveis-arte!

Fonte: Casa Vogue, ArchTrends e Pointer

Related Posts

  1. geroarquitetura em ascensão
Desde 1996, a Construtora e Incorporadora Laguna vem desenvolvendo empreendimentos únicos, que possuem arquitetura diferenciada e design inovador. Além disso, somos a construtora com mais projetos sustentáveis do Sul do país. Visite nosso site e saiba mais: http://construtoralaguna.com.br/

Conheça mais sobre a Laguna

Deixar um comentário