Diferenciais construtivos: vidros insulados e seus benefícios

PINAH

No mercado da construção civil, alguns aspectos garantem o conforto dos moradores e frequentadores dos empreendimentos. Entre eles, estão as linhas de vidro que proporcionam isolamento acústico no dia a dia e as linhas voltadas para o controle solar, que tem como objetivo bloquear o calor e os raios UV.

Os vidros insulados são responsáveis por diminuir a frequência de barulhos e ruídos por meio da aplicação de uma camada de ar desidratado ou de gás no espaço que fica entre as lâminas de vidro. Após selada, essa camada garante que o vidro não fique embaçado.

A seguir, confira detalhes sobre os benefícios desse diferencial utilizado pela Construtora Laguna em seus projetos.

Isolamento acústico

Um dos principais benefícios dos vidros insulados é o conforto acústico que proporcionam aos interiores, por meio do isolamento de som entre ambientes. Esse tipo de vidro reduz os ruídos em 35 dB a 40 dB, diferentemente de um vidro laminado convencional, que reduz aproximadamente em 25 dB.

Os vidros insulados são recomendados para locais com bastante intensidade sonora, sejam imóveis residenciais ou comerciais. A configuração do espaço também interfere no tipo e na necessidade do isolamento, se é de fora para dentro, de dentro para fora, entre outros fatores.

Conforto térmico com vidros insulados

Mulher tomando café

Vidros insulados também garantem conforto térmico na rotina, tanto no frio quanto no calor. A grande propriedade do vidro insulado é o isolamento que ele proporciona, superior ao do vidro laminado. Ou seja, a troca térmica entre o ambiente interno e o exterior é muito menor quando comparados esses tipos de vidros.

Se considerarmos o coeficiente geral de transferência de calor, conhecido como fator U, uma unidade de medida que indica isolamento térmico, o vidro laminado possui um fator U de 5,6 W/(m².K), enquanto o vidro insulado possui um fator U de 2,8 W/(m².K).

Quanto menor esse valor, menor é a troca entre ambientes internos e externos, sendo maior o isolamento térmico. Dessa forma, em comparação ao laminado, o vidro insulado possui o dobro da capacidade de isolamento.

Regula a luminosidade

Os vidros low-e podem ser insulados, temperados, curvados, laminados ou serigrafados. Eles foram criados inicialmente para serem aplicados em empreendimentos localizados em países onde o clima é frio, para que a entrada de luz natural mantenha as áreas internas aquecidas, preservando a luminosidade necessária para o ambiente.

Na fabricação deste tipo de vidro, é feita uma fina camada responsável por filtrar os raios solares e que ajuda a melhorar o controle da transferência de temperatura entre os espaços.

Recomendado para fachadas ou janelas, também é um grande aliado na estética dos projetos, já que não provoca o efeito espelho, bastante negativo visualmente.

Assim, além de favorecer a incidência de luz natural, o low-e evita radiações como a UV e reduz a troca de calor entre os ambientes.

O imóvel inconfundível PINAH, lançamento Laguna, oferecerá aos seus futuros moradores esse sistema que garante maior conforto e bem-estar. O empreendimento utilizará vidros solares, low-e, laminados ou insulados, conforme consultoria específica para cada unidade.

PINAH
PINAH

Nossa missão como empresa é projetar espaços e soluções que proporcionem mais praticidade e conforto na rotina e garantam mais equilíbrio entre pessoas e meio ambiente.

Conteúdos relacionados

  1. Painel solar
  2. Apartamento de alto padrão MAI Terraces - LAGUNA
  3. Painéis fotovoltaicos
Desde 1996, a Construtora e Incorporadora Laguna vem desenvolvendo empreendimentos únicos, que possuem arquitetura diferenciada e design inovador. Além disso, somos a construtora com mais projetos sustentáveis do Sul do país. Visite nosso site e saiba mais: http://construtoralaguna.com.br/

Conheça mais sobre a Laguna

Deixar um comentário