Hábitos sustentáveis para o dia a dia em casa

Mulher usando a geladeira de forma sustentável - LAGUNA

A preocupação e os cuidados com o meio ambiente consolidaram um estilo de vida sustentável e consciente, que abrange escolhas, práticas, estilo de consumo e inclusive a forma de habitar. No mercado residencial, imóveis como o inconfundível PINAH proporcionam ambientes mais saudáveis e sustentáveis, com uso consciente da água, oferta de energia renovável para atender 100% do consumo das áreas comuns e contato com a natureza.

Dentro de casa, incorporar hábitos sustentáveis à rotina, incluindo desde as tarefas domésticas até a higiene pessoal, é igualmente importante para reduzir os impactos ambientais. Confira abaixo.

Hábitos sustentáveis na cozinha

Entre os fatores que mais potencializam a poluição ambiental estão, certamente, a abundante produção de resíduos e seu descarte inadequado. Uma das maneiras de ajudar a transformar esse problema é substituir o uso de materiais prejudiciais ao meio ambiente.

No armazenamento de alimentos na geladeira, por exemplo, itens de plástico e alumínio podem ser substituídos por vidro. Além de ser um material mais durável, ele é resistente a temperaturas altas ou baixas e pode ser utilizado no forno ou no micro-ondas sem sofrer danos.

Reutilização da água

O reúso de água da chuva é uma prática que vem sendo muito incorporada aos imóveis residenciais contemporâneos. Seja manualmente ou por meio de sistemas automáticos e sofisticados, esse é um hábito fundamental para estabelecer um consumo hídrico consciente na rotina.

Pode-se aderir à essa prática reaproveitando a água descartada pela máquina de lavar ou a água do chuveiro. Essa água armazenada pode ser reutilizada, por exemplo, para dar descarga ou para a lavagem de carros ou áreas externas, como quintais. No imóvel-arte PINAH, o reúso de água da chuva é destinado à limpeza e à irrigação do jardim nas áreas comuns.

Redução de embalagens plásticas

A ONU Meio Ambiente estima que os oceanos são poluídos anualmente por 8,3 milhões de toneladas de plástico. A redução desses tipos de embalagens no dia a dia é fundamental para combater a poluição do meio ambiente e pode ser realizada de diversas formas: por exemplo, dando preferência ao uso e reúso de embalagens de vidro e adotando ecobags em substituição a sacolas de plástico nas compras em mercados.

Já para a hora do banho, shampoos e condicionadores sólidos são dicas de alternativas conscientes. Em formatos que lembram sabonetes, esses produtos contribuem consideravelmente para a redução da produção, do uso e do descarte de embalagens plásticas.

Além de não utilizarem embalagens e composições químicas prejudiciais aos rios e mares, shampoos e condicionadores sólidos são cruelty free, produzidos com óleos essenciais e manteigas vegetais e dispensam substâncias químicas como parabeno, sulfato, formol e outros elementos artificiais.

Atualmente, diversos produtos não sólidos possuem selos de sustentabilidade e de ausência de testes em animais, como os da marca vegana Reserva Brasil, que investe em ingredientes naturais, veganos e com mínimo impacto ambiental. No uso desses produtos, é importante atentar-se também à reciclagem e ao descarte correto das embalagens plásticas.

Buchas vegetais

Outro item que pode ser incorporado aos hábitos sustentáveis de higiene pessoal são as buchas vegetais. Mais vantajosas em relação às esponjas produzidas com plástico derivado do petróleo, elas são de fácil biodegradação e podem ser recicladas por meio da compostagem seca.

Buchas vegetais sustentáveis sobre uma superfície – LAGUNA

O uso desse produto natural estimula positivamente agricultores e o cultivo da planta da qual é retirado, a trepadeira Luffa aegyptiaca, também conhecida simplesmente como “bucha”. Além disso, essa alternativa proporciona diversos benefícios para a pele: revitalização, esfoliação natural e remoção de impurezas.

Escova de dente de bambu

As escovas de dente de bambu são mais sustentáveis que as convencionais em duas vias: na produção, elas não causam desequilíbrio ambiental graças ao rápido crescimento do bambu; no descarte, levam aproximadamente 30 anos para se decomporem, sendo suas cerdas recicláveis. As escovas de plástico, por sua vez, tendem a permanecer no meio ambiente por até 500 anos.

Escova de bambu sustentável – LAGUNA

O material dessas escovas é um antibacteriano natural, com ausência de poros, o que previne a proliferação de bactérias e impossibilita a contaminação fúngica, contribuindo para uma higiene oral mais saudável.

Outro benefício do bambu está relacionado à sua alta concentração sílica, que reforça o trabalho do cálcio, colaborando para a composição de ossos e dentes fortes. Na troca de uma escova de bambu por outra, é possível descartar a haste (com as cerdas removidas) em uma composteira e utilizá-la como adubo natural.

Incorporando essas dicas à rotina, é possível levar um estilo de vida sustentável, que inicia dentro do próprio lar e exerce um importante papel na preservação do meio ambiente. Pequenas mudanças em práticas da rotina influenciam significativamente na economia de recursos do planeta.

A Menos 1 Lixo, plataforma de educação ambiental, aponta que um copo reutilizável despende 0 litros de água na produção, enquanto um copo de plástico descartável utiliza, no mínimo, 500 ml para ser produzido.

Na produção de 5 mil copos descartáveis, são gastos por volta de 2,5 milhões de litros de água. Portanto a substituição de um copo de plástico por um ecológico é capaz de economizar cerca de 1,5 milhão de litros de água, já considerando a água utilizada na lavagem

A opção por bebidas em latas de alumínio é outra alternativa mais viável ecologicamente, visto que 98% delas são recicladas, o que movimenta cerca de R$ 1,2 bilhão na economia. Já uma única peça de roupa sustentável é capaz de economizar 2.720 litros de água – quantidade utilizada, por exemplo, para produzir uma camiseta de algodão.

O compromisso ambiental é um pilar presente na atuação e em cada projeto criado pela Construtora Laguna. Visando contribuir para o desenvolvimento consciente da sociedade e para a preservação do planeta, a empresa aposta em tecnologias de controle do consumo hídrico e energético de suas construções e compromete-se com a destinação correta de resíduos e com o uso de materiais recicláveis e regionais, entre outras iniciativas.

Conteúdos relacionados

  1. Jardim botânico Curitiba - LAGUNA
  2. Curitiba
  3. uso alternativo para as sacolas de supermercado
  4. Hotel flutuante sustentável
  5. Mulher fazendo uso do Low Touch economy no dia a dia
  6. Ecobag

Desde 1996, a Construtora e Incorporadora Laguna vem desenvolvendo empreendimentos únicos, que possuem arquitetura diferenciada e design inovador. Além disso, somos a construtora com mais projetos sustentáveis do Sul do país. Visite nosso site e saiba mais: http://construtoralaguna.com.br/

Conheça mais sobre a Laguna

Deixar um comentário