Confira os hábitos tecnológicos para a área da saúde neste ano

Mulher olhando notebook enquanto se alimenta - LAGUNA

O aumento dos cuidados com a saúde e o bem-estar impulsionou diversos setores do mercado. No imobiliário, por exemplo, empreendimentos como o PINAH investem em tecnologias que elevam a qualidade de vida dos moradores e conquistam certificações mundiais. Já na área da saúde, hábitos tecnológicos impulsionados pela pandemia tendem a se fortalecer entre instituições, profissionais e pacientes. Confira alguns deles abaixo.

Programas empresariais de saúde

Nos últimos tempos, a cultura de diversas empresas passou a se direcionar com mais atenção a um importante rumo: a saúde e o bem-estar dos colaboradores. Isso porque cresceu a percepção de que essas questões exercem influência direta na disposição e na produtividade das equipes – e, consequentemente, nos resultados das empresas. Para preservar esses importantes aspectos, grupos como o Boticário e a Apple têm incorporado programas de saúde e bem-estar destinados aos seus funcionários.

Mulher avaliando consulta médica empresarial – LAGUNA

Entre os serviços ofertados, destacam-se campanhas de apoio a gestantes, incentivo à alimentação saudável, planos de saúde, campanhas de prevenção de doenças, vacinação contra gripes e disponibilização de médicos, nutricionistas e fisioterapeutas. O acesso a recursos que elevam a qualidade de vida e o bem-estar é essencial em qualquer segmento.

Maior uso de serviços digitais

Outro fator impulsionado pela pandemia foi, sem dúvidas, a digitalização de processos. O maior tempo de permanência em casa desencadeou maior tempo de uso da internet e de suas plataformas, como aponta a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel): durante a primeira fase da pandemia no Brasil, registrou-se um aumento de até 50% no uso de internet.

Esse fator desdobra-se em outras notórias tendências dentro do universo digital – home office, digitalização de serviços empresariais e aumento expressivo de compras online e da busca por informações relacionadas à saúde.

Maior cuidado com a saúde

O atual contexto global também estimulou hábitos positivos, como a busca por mais qualidade de vida e cuidados com a saúde. Percebeu-se um aumento da quantidade de pacientes que vêm realizando consultas preventivas e acompanhamentos mais conscientes de seus estados de saúde.

A Doctoralia, plataforma mundial de agendamento de consultas, identificou em julho de 2020 que, de 90 mil pacientes de 5 países distintos, 43% recorreram a profissionais da saúde por pura prevenção, sem que houvesse a presença de sintomas.

Somado ao hábito de realizar consultas médicas preventivas, as pessoas começaram a atentar-se a práticas rotineiras que mantém a saúde em dia, como: ter uma rotina alimentar saudável, rica em fibras, vitaminas e minerais; praticar exercícios físicos caseiros com o auxílio de vídeos online, como yoga, corridas estáticas ou aeróbicos; e manter-se hidratado em prol do bom funcionamento do organismo.

Teleconsultas na área da saúde

O isolamento social provocou a prevalência dos serviços online em relação aos presenciais – as consultas médicas não fugiram a essa tendência. Após aprovação da telemedicina pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), registrou-se que as teleconsultas obtiveram uma quantidade de buscas no Google nunca antes alcançada.

Antes da pandemia, a prática ainda não havia sido legalmente regulamentada. Essa ascensão iniciou em abril de 2020, quando a Lei nº 13.989/20 foi sancionada e permitiu a adoção da telemedicina no Brasil por tempo indeterminado, como uma forma de manter os atendimentos médicos de maneira mais segura para médicos e pacientes.

Homem realizando teleconsulta com médico – LAGUNA

Recentemente, a revista Exame divulgou dados que revelam que pelo menos 1,7 milhão de teleconsultas foram realizadas entre março e agosto de 2020. Esse expressivo aumento demonstra como o modelo de consultas remotas tende a ser cada vez mais utilizado pelos profissionais da área da saúde. Tais mudanças nos rumos desse segmento são potenciais tendências capazes de determinar a forma como pacientes e profissionais conduzirão suas rotinas.

Entre os imóveis do mercado imobiliário que promovem o bem-estar na rotina, o ROC Batel destaca-se pelo importante incentivo à saúde nutricional dos moradores. O empreendimento oferece uma horta coletiva, que fica disponível em uma passarela suspensa no imóvel-arte. Ela possibilita o cultivo de temperos frescos e saudáveis, que podem ser adicionados às refeições preparadas nas cozinhas gourmet dos apartamentos.

O EOS Barigui, por sua vez, promove contato diário com a natureza e as diversas vantagens para a saúde que ela proporciona: menos estresse, maior disposição para o dia a dia e maior qualidade de sono.

Em termos de qualidade de vida, o PINAH destaca-se como o primeiro e único empreendimento residencial brasileiro em processo de certificação WELL. Com foco exclusivo no bem-estar e na saúde humana, esse selo assegura que o projeto certificado possui ambientes com características saudáveis e adequadas para o conforto, o bem-estar, a produtividade e a satisfação dos ocupantes.

ÁREA SOCIAL DA COBERTURA TIPO 2 - PINAH
ÁREA SOCIAL DA COBERTURA TIPO 2 – PINAH

Conteúdos relacionados

  1. Mulher sênior se comunicando através do computador - LAGUNA
  2. Curitiba
  3. colegas de trabalho interagindo no escritório - LAGUNA

Desde 1996, a Construtora e Incorporadora Laguna vem desenvolvendo empreendimentos únicos, que possuem arquitetura diferenciada e design inovador. Além disso, somos a construtora com mais projetos sustentáveis do Sul do país. Visite nosso site e saiba mais: http://construtoralaguna.com.br/

Conheça mais sobre a Laguna

2 comentários em “Confira os hábitos tecnológicos para a área da saúde neste ano

Deixar um comentário