Healthtechs: empresas que revolucionam a área da saúde

Recursos tecnológicos com as healthtechs

O contexto da pandemia tem impulsionado o surgimento e o crescimento de startups em diversos setores. Na área da saúde, as healthtechs vêm ascendendo em um movimento que visa aprimorar diversos processos do segmento por meio da tecnologia, da Inteligência Artificial e de demais recursos inovadores. Saiba mais abaixo!

Demandas e tecnologias no campo da saúde

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil se encontra entre os 10 principais mercados de saúde do mundo, segmento cujos gastos registrados correspondem a 9,2% do PIB do país.

Diante disso, startups vêm destacando-se como atores inovadores na transformação do mercado por meio da tecnologia e da inovação, reduzindo custos e atendendo às novas demandas. A plataforma de inovação Distrito registrou que atualmente existem 900 healthtechs no Brasil e que no primeiro semestre de 2021 estas receberam um investimento de US$ 183,9 milhões.

Integrando tecnologia em diversos processos – desde os de atendimento até os cirúrgicos –, as healthtechs vêm abrangendo um amplo leque de possibilidades dentro da área da saúde com o intuito de aprimorar a eficiência desse ramo e elevar a experiência de profissionais e pacientes.

O que são as healthtechs

O que define uma healthtech

A abrangência dessas startups vem agregando diversas soluções inovadoras na medicina e na saúde como um todo: telemedicina, martketplaces de saúde, exercícios remotos, wearables, dispositivos que possibilitam monitoramento remoto, compilação de dados, atendimento, entre outros.

Com o uso da tecnologia, as healthtechs colaboram na redução de despesas tanto para unidades de saúde quanto para pacientes, elevam possibilidades de tratamento e prevenção, contribuem para a difusão de informações ligadas a cuidados com a saúde e com o bem-estar e sanam demandas de modo a evitar sistemas de saúde sobrecarregados e atendimentos ineficientes.

As soluções proporcionadas por essas startups empoderam e contemplam a todos os envolvidos, dos pacientes aos gestores hospitalares. Com mais praticidade e eficiência na compilação, retenção e análise de dados, agrega-se maior agilidade à rotina dos profissionais de saúde.

Tecnologias utilizadas pelas healthtechs

Diversos são os recursos tecnológicos utilizados por essas startups que otimizam os processos e o dia a dia de quem atua na área da saúde.

  • Big Data: a coleta e o armazenamento de dados favorecem tomadas de decisão eficazes na rotina médica. Com softwares e algoritmos que analisam uma grande quantidade de dados de forma ágil e constante, o Big Data possibilita identificar padrões em estabelecimentos e pacientes, reduzindo riscos para ambas as partes.
  • Inteligência Artificial: além da alta capacidade de processar dados com eficiência, a Inteligência Artificial possibilita na área da saúde uma ampla compilação de dados – como informações sobre enfermidades e bancos de imagens – que auxiliam no diagnóstico e no tratamento médico.
  • Robótica: podendo ser utilizada das funções mais simples até as cirurgias de maior complexidade, a robótica vem sendo integrada à área da saúde pelas healthtechs como um meio de obter maior precisão e eficiência nos procedimentos, produzir equipamentos médicos e reduzir riscos em processos cirúrgicos mais delicados.

Exemplos práticos de healthtechs

Diversas startups vêm impulsionando o uso de tecnologia e inovação na área da saúde.

  • Telemedicina: em diálogo com a crescente tendência da telemedicina, a startup Clínica Sim oferece consultas avulsas por videochamada no WhatsApp, abrangendo especialidades que vão desde a psicologia até a dermatologia. O atendimento online direciona pacientes e possibilita o acompanhamento de consultas e prescrições via aplicativo.
  • Tecnologia para exames: a Hilab é uma healthtech curitibana que utiliza tecnologia diagnóstica para ofertar exames laboratoriais mais ágeis e confiáveis. A startup fornece a estabelecimentos de saúde aparelhos de análises clínicas que possibilitam realizar mais de 35 tipos de exames distintos por meio de Inteligência Artificial e da Internet das Coisas (IoT).
  • Gestão de saúde: na startup Alice, autodefinida como uma gestora de saúde, os clientes podem montar seus planos de ação para elevar a saúde e a qualidade de vida, conforme necessidades individuais, incluindo desde exercícios físicos até acompanhamento com nutricionistas. Com a mediação de seu time de profissionais e de um app, a startup compila dados de pacientes para cuidar da saúde com atendimento e acompanhamento personalizados.
  • Business Intelligence (BI): criada em Florianópolis, a startup Anestech emprega a ferramenta Business Intelligence aliada à nuvem de dados para integrar, rastrear, analisar e entregar dados em tempo real. Com soluções para mobiles em salas cirúrgicas, essa healthtech também oferece uma ficha anestésica com um dashboard de performance de centro cirúrgico que visa simplificar informações para anestesistas e elevar a segurança dos pacientes.

Saúde e inovação no BIOOS Health

A importância das healthtechs na área da saúde
CONSULTÓRIOS – BIOOS HEALTH

Pioneiro na criação de um complexo que une saúde, medicina, moradia e bem-estar, o inconfundível imóvel-arte BIOOS incorpora duas torres em um só ecossistema: a BIOOS Home, que oferece apartamentos voltados ao público 60+, e a BIOOS Health – uma torre dedicada ao universo da saúde e projetada em uma região estratégica da cidade, com alta demanda de serviços de saúde e fluxo de pessoas.

O BIOOS Health irá ampliar e facilitar o acesso aos cuidados essenciais com a vida, abrangendo consultórios médicos, estrutura para receber um Centro de Diagnóstico por Imagem e um Hospital-Dia, offices destinados a outras modalidades de serviços e um MALL com lojas, conveniências e espaços de convivência.

Com infraestrutura completa e adequada às exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o BIOOS Health terá seu conforto e inovação traduzidos em diferenciais como catraca de acesso com reconhecimento facial, Building Management System (BMS Condominial) e fechaduras eletrônicas nas unidades.

Acesse a página do lançamento e confira os detalhes dessa inédita criação da Construtora Laguna idealizada para quem quer viver mais e melhor.

Fonte: Estadão, Forbes, Telemedicina Morsch e ACE Startups

Related Posts

  1. Longevidade da população é tendência mundial
  2. Exame médico dentro do empreendimento BIOOS
  3. Qualidade e conforto com o selo WELL
Desde 1996, a Construtora e Incorporadora Laguna vem desenvolvendo empreendimentos únicos, que possuem arquitetura diferenciada e design inovador. Além disso, somos a construtora com mais projetos sustentáveis do Sul do país. Visite nosso site e saiba mais: http://construtoralaguna.com.br/

Conheça mais sobre a Laguna

Deixar um comentário