Diferentes aplicações do vidro na arquitetura

Fachada BIOOS

Considerado um material nobre, o vidro se faz presente na arquitetura desde as utilizações mais comuns, como em espelhos de banheiros, até ambientes mais amplos e fachadas de empreendimentos. Diversas aplicações do vidro proporcionam ganhos para os projetos arquitetônicos e seus interiores. Confira abaixo algumas delas!

Aplicações do vidro para desempenho termoacústico

Especialmente em imóveis de alto padrão, o vidro vai ao encontro de soluções que correspondem às condições climáticas e sonoras do entorno das construções.

Entre as especificações que oferecem bom desempenho acústico destacam-se o vidro incolor laminado e o incolor insulado. O primeiro proporciona segurança através de sua película plástica PVB (polivinil butiral) entre lâminas, já o modelo incolor insulado é composto por duas lâminas de vidro intercaladas por ar que atenuam os ruídos externos.

Atualmente, recursos tecnológicos utilizados na produção de vidros aumentam o conforto térmico por meio da deposição de camadas metalizadas na superfície. Esses modelos são conhecidos ainda como vidros com controle solar, visto que suas camadas refletem melhor os raios de luz.

Amplitude e funcionalidade

Na configuração contemporânea dos imóveis, o vidro tem exercido um forte protagonismo na integração de ambientes e na composição de espaços que proporcionam sensação de amplitude. Leve e sofisticado, o material atua em diversos projetos como barreira física que preserva a metragem dos imóveis ao mesmo tempo que agrega dinamismo e permeabilidade visual.

Ao compor ambientes integrados, ele proporciona uma continuidade visual que pode ser contrastada por outros elementos, como revestimentos ou acabamentos distintos em cada espaço, que se destacam com o design homogêneo desse material.

Uma forma de agregar funcionalidade aos ambientes é utilizar estruturas metálicas com vidro ou em forma de cabines e módulos. Tais elementos contribuem para a segmentação de espaços de acordo com sua finalidade e proporcionam privacidade aos ocupantes.

Ganhos lumínicos

Ambientes integrados com continuidade visual

A criação de projetos pós-pandemia – corporativos, residenciais ou comerciais – preza pela iluminação plena como um diferencial de bem-estar e funcionalidade. Sintonizado com essa tendência, o vidro tem se destacado por permitir a ampla entrada de luz natural nos interiores.

Além da alta luminosidade que proporciona, esse material favorece a eficiência energética da construção por reduzir custos com iluminação artificial; proporciona melhor visibilidade aos ocupantes; e evita a fadiga visual, oferecendo benefícios à saúde mental e ao bem-estar dos ocupantes.

Segundo pesquisa da revista americana Consumer Reports, a exposição a raios solares eleva a produção de serotonina, hormônio que regula diversas funções do organismo, como o sono e o humor. Além disso, o contato com a luz natural é fundamental para a absorção de vitamina D e para o fortalecimento do sistema imunológico, como aponta um estudo divulgado na revista Nature Immunology.

Para a promoção de benefícios como esses, vidros laminados com controle solar destacam-se entre os modelos mais utilizados nos projetos arquitetônicos. Isso porque eles asseguram um bom aproveitamento da luz natural e bloqueiam o excesso de calor, garantindo a manutenção de temperaturas agradáveis no interior do imóvel.

Aplicações do vidro nos imóveis-arte Laguna

aproveitamento da luz natural no BIOOS
FACHADA – BIOOS HOME

Nos imóveis-arte Laguna, vidros com alto desempenho lumínico e termoacústico tornam os residenciais mais aconchegantes e contribuem para o conforto, a funcionalidade e o bem-estar na rotina dos moradores.

Um modelo de material com controle solar são os vidros low-e, presentes em residenciais como o PINAH e criados especificamente para regiões de clima frio, como Curitiba. O intuito é manter os interiores aquecidos e bem iluminados através da entrada de luz natural.

Em sua fabricação, o material leva uma fina camada de prata que filtra os raios solares. Desta forma, reduz a troca de calor entre os espaços e evita radiações UV, preservando a saúde e o bem-estar dos ocupantes.

Os vidros insulados, por sua vez, presentes no BIOOS e no VAZ Batel conforme consultoria especializada para cada unidade, irão assegurar pleno conforto termoacústico aos moradores. Além de garantirem menor troca térmica entre ambientes internos e externos, os vidros insulados potencializam o isolamento acústico das unidades.

Graças à camada de ar ou de gás entre as lâminas do material, esse tipo de vidro reduz significativamente os ruídos entre ambientes, chegando a uma queda de até 40 dB – enquanto os modelos laminados convencionais reduzem os ruídos em 25 dB, aproximadamente.

Suíte VAZ Batel
SUÍTE APARTAMENTO TIPO 7 – VAZ BATEL

Dessa forma, todos os momentos da rotina dos moradores serão repletos de conforto e privacidade e marcados pela qualidade da Construtora Laguna.

Fonte: ArchDaily, CASACOR, Ugreen e Veja

Posts relacionados

  1. projetos arquitetônicos com brises
  2. O conceito de Qualidade Ambiental Interna
Desde 1996, a Construtora e Incorporadora Laguna vem desenvolvendo empreendimentos únicos, que possuem arquitetura diferenciada e design inovador. Além disso, somos a construtora com mais projetos sustentáveis do Sul do país. Visite nosso site e saiba mais: http://construtoralaguna.com.br/

Conheça mais sobre a Laguna

Deixar um comentário