Como evitar alergias em ambientes residenciais

Mulher abrindo cortinas de um quarto residencial - LAGUNA

A rinite é uma das inflamações mais comuns e costuma desencadear crises, principalmente no ambiente de casa. Para diagnosticar o tipo da rinite, se é alérgica ou não alérgica, deve-se realizar exames que irão auxiliar no melhor tratamento para cada caso. Em ambientes residenciais, há diversos cuidados que podem ser adotados para evitar alergias. Confira abaixo alguns deles, indicados pelo otorrinolaringologista Paulo Mendes Jr., do Centro de Rinite e Alergia do Hospital IPO.

Ambientes mais salubres

Dois fatores são de extrema importância para proporcionar, de forma geral, ambientes mais salubres em casa. Um deles é manter os espaços bem arejados, para que a ventilação cruzada evite o acúmulo de resíduos que provocam irritações. O outro é a entrada de luz solar, especialmente nos quartos. Graças à sua propriedade antisséptica e bactericida, a luz do sol potencializa a salubridade nos interiores.

Ventilação e iluminação natural são aspectos imprescindíveis no dia a dia dos moradores e ajudam a evitar alergias. Nos ambientes residenciais dos imóveis-arte Laguna, a ampla incidência de luz natural é proporcionada pela implantação de esquadrias de alta performance termoacústica e vidros solares ou LOW-E, que favorecem a iluminação natural, e pelos vidros laminados e/ou insulados.

Esses vidros de alta performance protegem os ambientes da absorção excessiva de calor no verão e permitem que o sol os aqueça no inverno, sendo responsáveis por proporcionar uma quantidade adequada e não prejudicial de luz solar, garantindo conforto e bem-estar aos moradores.

Limpeza da casa

No que diz respeito à higienização da casa, alguns cuidados e sugestões foram indicados pelo Dr. Paulo Mendes Jr.: “Ao limpar a casa, evite utilizar a vassoura, pois boa parte da poeira que foi varrida será suspensa ao ar e retornará ao piso logo após. O mais indicado é utilizar aspiradores com filtros d’água e pano úmido”.

Além disso, o otorrinolaringologista recomenda o uso de desumidificadores em armários e gavetas, pois eles auxiliam na redução da umidade e, consequentemente, evitam o surgimento de fungos.

Cuidados nos quartos

Mulher limpando superfícies para evitar alergias

Por serem locais de descanso, nos quais se passa boa parte do tempo de estadia em casa, os quartos demandam diversos cuidados a fim de prevenir crises alérgicas. Alguns deles são utilizar capas antiácaro nos travesseiros e nos colchões e evitar comer no quarto – visto que as migalhas de alimentos favorecem a presença de ácaros.

Sobre a quantidade de itens guardados no cômodo, o Dr. Paulo Mendes alerta: “Evite o acúmulo de muitos objetos no quarto, como caixas, livros, pelúcias e tapetes. Pois quanto mais coisas estiverem concentradas, maior será o acúmulo de poeira e ácaro e a dificuldade para limpá-los”.

Além disso, o médico sugere que se dê preferência a produtos de limpeza com aromas mais suaves, que não provoquem irritações, e reforça: “Deixe o quarto com as janelas abertas na maior parte do tempo, para que entre ar puro e luz solar. Se possível, faça isso sempre antes de sair de casa e assim que retornar”.

Crianças e pets

Família brincando com pet sem alergias – LAGUNA

Em relação aos pets da família, o Dr. Paulo Mendes recomenda uma solução aos donos que sofrem de rinite, para que possam desfrutar da presença dos seus pet sem sofrer:

“O pelo do animal que cai pela casa pode favorecer a proliferação do ácaro, e muitas pessoas têm alergias diretas à descamação da pele animal. Para isso, há a possibilidade de indicar uma vacina de rinite ao dono do pet. São gotinhas aplicadas embaixo da língua antes de dormir, que fazem com que o dono tenha menos sintomas quando estiver próximo ao seu bichinho”. Vale lembrar que a vacina mencionada é sublingual, aplicada em gotas, diferente das injetáveis.

Quanto às crianças, a recomendação do otorrinolaringologista é armazenar os brinquedos delas em um cômodo externo ao quarto onde dormem. Isso pode ser feito em um ambiente específico para guardá-los ou em uma caixa ou baú que contenham tampa.

O Dr. Paulo Mendes também ressalta a importância de limpar a cozinha todos os dias, especialmente após o uso. Para o atual contexto de home office, o médico recomenda a higienização diária do escritório, incluindo equipamentos como teclado e computador.

Ainda, salienta a importância de buscar um especialista que possa investigar a causa dos sintomas da rinite por meio de exames alérgicos. Dessa forma, é possível evitar alergias e iniciar um tratamento individualizado que irá solucionar o problema.

Dr. Paulo Mendes Jr. | Otorrinolaringologista do Centro de Rinite e Alergia do Hospital IPO – Av. Rep. Argentina, 2069, Água Verde – Curitiba, PR.

Contatos: (41) 3093-9796 | (41) 3314-1500

Site: https://www.otorrinoemcuritiba.com

Instagram: https://www.instagram.com/drpaulomendesjr.otorrino

YouTube: https://www.youtube.com/c/DrPauloMendesJrOtorrinoemCuritiba

Conteúdos relacionados

  1. Funcionários em Workplace no pós pandemia - LAGUNA
  2. Pessoas em pós-mudança
  3. Família em mudança
  4. sala moderna - LAGUNA
  5. Mulher sentada em um sofá
  6. Mulher sênior usando celular

Desde 1996, a Construtora e Incorporadora Laguna vem desenvolvendo empreendimentos únicos, que possuem arquitetura diferenciada e design inovador. Além disso, somos a construtora com mais projetos sustentáveis do Sul do país. Visite nosso site e saiba mais: http://construtoralaguna.com.br/

Conheça mais sobre a Laguna

Deixar um comentário