Bicicletas elétricas conquistam espaço em grandes cidades

Bicicletas elétricas conquistam espaço - Construtora Laguna

Uma alternativa de transporte sustentável, prática e econômica, a bicicleta elétrica tem conquistado espaço em grandes centros. Segundo levantamento feito pela Aliança Bike, 9% dos veículos que circulam em ciclovias de São Paulo são e-bikes (como também são chamadas), enquanto há 3 anos o número era de apenas 2%.

O número de bicicletas elétricas importadas pelo Brasil saltou de 2.165 em 2017 para incríveis 13.203 apenas até agosto de 2018, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), um aumento de cerca de 600%. Diante deste destaque, muitas empresas estão oferecendo soluções para facilitar a vida dos e-bikers.

A Construtora Laguna é uma delas, pois compreende a força das bicicletas elétricas no Brasil, incentiva opções de mobilidade amigáveis ao meio ambiente e preocupa-se com a comodidade dos moradores. A empresa oferecerá tomadas para recarga gratuita das bikes e de carros elétricos em seus dois novos empreendimentos, o MAI Terraces e o ALMÁA Cabral, que terão ainda 30% da energia utilizada pelo condomínio gerada a partir de placas fotovoltaicas.

E-bikes conquistam espaço em grandes cidades - Construtora Laguna

Bicicletário MAI Terraces

Para os adeptos deste tipo de transporte, as vantagens são inúmeras e, principalmente em grandes cidades, a mudança de hábito pode melhorar muito a qualidade de vida. Confira as principais razões que motivam as pessoas a adotarem a bicicleta elétrica.

Sustentabilidade

Diante do impacto dos combustíveis fósseis nas mudanças climáticas, muitas pessoas estão buscando fazer sua parte e contribuir para um planeta menos poluído. Deixar o carro de lado, mesmo que por alguns dias na semana, é uma excelente maneira de atenuar impactos negativos ao meio ambiente.

Economia

Bicicletas elétricas conquistam espaço em grandes cidades - Construtora Laguna

O preço dos combustíveis também é fator determinante na escolha por um meio de transporte alternativo. Além desta despesa, o carro ainda gera custos com multas, estacionamento e taxas, enquanto a bike elétrica precisa apenas de energia e um pouco de disposição.

Segurança

Quem utiliza a bicicleta elétrica com frequência defende que ela promove maior segurança que uma motocicleta ou mesmo a bicicleta tradicional. A velocidade permitida em ciclovias é de 25 km/h, segundo o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o que permite maior agilidade em comparação a uma bicicleta comum e ainda evita o trânsito intenso e perigoso das rodovias.

Comodidade

Pedalar longas distâncias ou em regiões com subidas íngremes é muito mais fácil e rápido com uma e-bike. Sem transpiração e com mais independência, o ciclista pode criar suas próprias rotas, no horário que preferir e sem se preocupar com congestionamento.

Além disso, a e-bike promove uma relação mais íntima com a cidade e um sentimento de pertencimento, uma vez que incentiva a interação com o ambiente externo, o comércio local e as pessoas ao redor. A possibilidade de desativar o motor e utilizá-la da forma tradicional agrega valor, já que deixa de ser apenas um meio de transporte para se tornar também um hobby ou forma de atividade física.

Leia também: Dicas para montar uma adega em casa

 

 

A Construtora e Incorporadora Laguna possui mais de 20 anos de atuação no mercado imobiliário e desde 1996 vem desenvolvendo empreendimentos únicos, de alto valor agregado.

Visite nosso site para saber mais construtoralaguna.com.br

Deixar um comentário