Permacultura: entenda o conceito e as características

Permacultura entenda o conceito e características - Construtora Laguna

Transformar a maneira como nós nos relacionamos com o meio ambiente é algo cada vez mais praticado como um estilo de vida. Com base nessa ideia, existe o conceito da permacultura, que envolve uma série de conhecimentos científicos de diversas áreas.

O que é permacultura?

“Permacultura é um sistema de design para a criação de ambientes humanos sustentáveis e produtivos em equilíbrio e harmonia com a natureza, afirma Bill Molisson, ecologista e cientista, considerado o pai da permacultura. O conceito foi criado na década de 1970, juntamente com David Holmgren, também cientista.

Planejar e criar espaços que sejam autossuficientes é o principal objetivo desse método que pode ser aplicado em diversas áreas. Embora o termo seja muito conhecido no âmbito da agricultura, o sistema também é realizado dentro de diferentes aspectos, como nos espaços residenciais e empresariais, na arquitetura e urbanismo, no design de interiores, na construção e bioconstrução, entre outros.

Além disso, existem três princípios que norteiam a permacultura:

  • Cuidar da terra, que envolve a preservação dos recursos naturais.
  • Cuidar das pessoas, que busca a harmonia entre vida social e natureza.
  • Partilha justa, que tem como propósito criar sistemas de compartilhamento para reduzir o consumo exacerbado.

O Bosque Hostel, localizado em Curitiba, é um dos primeiros hostels com o conceito Slow Design do Brasil e também se inspirou em características da permacultura. O local, além de ser charmoso, foi planejado e executado com diversas soluções sustentáveis para receber e acolher pessoas do mundo todo.

Buscando o menor impacto possível no meio ambiente, a empresária curitibana Eduarda Guimarães de Almeida levou em consideração o bem-estar e a integração entre as pessoas, a sociedade e a natureza, comprovando que tudo isso pode ser implementado com sofisticação, conforto e estilo.

Na construção do hostel, cada detalhe foi pensado estrategicamente. Entre alguns dos principais destaques estão as paredes de taipa, que são estruturas simples feitas com preenchimento de terra. Também foram utilizadas ripas de madeira antiga, advindas de demolidoras. Com uma mistura de terra, areia e palha, essas ripas foram entrelaçadas e preenchidas.

Portas, janelas e escadas são elementos da demolição da casa construída em 1950 e que era da bisavó da proprietária. Todas as madeiras do ambiente foram lixadas e protegidas com óleo de carnaúba, preservando a cor natural. Já para as cores terracota e acinzentada do hostel, foram utilizadas geotintas, feitas à base de pigmentos naturais.

Outro atrativo do local são os bambus, que foram escolhidos justamente por não causarem danos ao meio ambiente e vieram do município de Quatro Barras. A empresária optou por aproveitar ao máximo a iluminação natural no local e utilizar lâmpadas de LED, que reduzem o consumo de energia e possuem vida útil mais longa.

A captação e o armazenamento da chuva através do sistema da cisterna também se fazem presentes, colaborando para um consumo mais consciente. O projeto do hostel foi comandado por diversos artesãos e escritórios de arquitetura, entre eles o Arquitetura da Terra e a arquiteta Vivian Lazzarotto, além da Telus Telhados Verdes, que assinou o projeto do jardim.

Neste contexto de sustentabilidade, o LLUM Batel, o ALMÁA Cabral e o MAI Terraces, empreendimentos de luxo da Laguna, possuem painéis fotovoltaicos para geração de energia renovável e abastecimento para carros elétricos. Além disso, as residências consomem 20% menos água e 25% menos energia em relação ao padrão considerado pelo LEED.

Diante da intensa exploração de matérias-primas e dos impactos ambientais ocasionados pelo consumo desenfreado, o conceito da permacultura pode ser aplicado em diferentes âmbitos. Entretanto, o principal objetivo do conceito é transformar a forma como o homem enxerga e se relaciona com a natureza e tudo ao redor, colaborando para um estilo de vida mais sustentável.

Leia também: Sustentabilidade: conheça a técnica upcycling

Deixar um comentário