As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018

Há mais de 40 anos, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) elege diversos monumentos, edifícios ou locais ao redor do mundo como “Patrimônios Culturais”.

Segundo a entidade, estes lugares apresentam excepcional valor histórico, arqueológico, estético, científico, etnológico ou antropológico e, por isso, devem ser preservados. Conheça os 13 nomeados em 2018:

Al-Hasa, Arábia Saudita

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Arábia Saudita - Construtora Laguna

Maior oásis da Arábia Saudita, o local o local traz heranças da evolução humana desde o período Neolítico. A diversidade da paisagem é surpreendente, integrando deslumbrantes jardins, palmeiras, ruínas históricas e canais.

Medina Azahara, Espanha

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Espanha - Construtora Laguna

Sede do Califado de Córdoba no século X, Medina Azahara foi destruída pela guerra entre 1009 e 1010. Suas ruínas de estradas, sistemas hídricos e pontes foram descobertas novamente no início do século XX, mostrando indícios da civilização islâmica.

Mosteiros budistas de Sansa, Coreia do Sul

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Coreia do Sul - Construtora Laguna

Situados nas montanhas da Coreia do Sul, os sete monastérios budistas possuem estilos arquitetônicos parecidos, porém, cada um apresenta elementos singulares. Sua construção data do período entre os séculos XVII e XIX.

Göbekli Tepe, Turquia

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Turquia - Construtora Laguna

Este templo de rochas e pilares remonta ao período Neolítico, antes mesmo da utilização de ferramentas de metal ou cerâmica, há quase 12 mil anos atrás.

Aasivissuit, Dinamarca

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Dinamarca - Construtora Laguna

Situado em uma ilha na Groelândia, Aasivissuit é um campo de caça frequentado por esquimós há mais de 4 mil anos. A região é repleta de locais arqueológicos e acampamentos das civilizações paleo-inuit e inuit.

Castelo de Hara e Aldeias Cristãs Ocultas, Japão

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Japão - Construtora Laguna

A ilha japonesa de Kyushu, situada na região de Nagasaki, abriga diversos lugares construídos entre os séculos XVI e XIX que apontam para atividades dos primeiros missionários cristãos e colonos do país. O castelo de Hara é um importante ponto da rebelião católica.

Ivrea, Itália

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Itália - Construtora Laguna

A arquitetura industrial criada entre os anos 30 e 60 em Ivrea, no noroeste da Itália, é destaque na cidade. Um importante fabricante de máquinas de escrever, computadores e calculadoras, Olivetti, teve sua sede na região.

Hedeby e Danevirke, Alemanha

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Alemanha - Construtora Laguna

O sítio arqueológico de Hedeby, na Alemanha, é herança do primeiro e segundo milênios antes de Cristo. A antiga metrópole foi construída como centro de negociações entre a Europa e a Escandinávia. Suas estradas e edificações podem ser analisadas para aprofundar o conhecimento sobre o povo viking.

Danevirke é um grande muro construído há mais de mil anos com o intuito de afastar a península dinamarquesa do restante da Europa.

Catedral de Naumburgo, Alemanha

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Catedral de Naumburgo - Construtora Laguna

Conhecida por seus elementos arquitetônicos góticos e românticos, a construção da catedral alemã iniciou-se em 1028 e até hoje é apreciada.

Construções Góticas, Vitorianas e Art Déco de Mumbai, Índia

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Índia - Construtora Laguna

Construções no estilo gótico-vitoriano e art déco foram encomendadas na cidade de Mumbai como parte de um projeto de planejamento urbano, nos séculos XIX e XX, incorporando também elementos da arquitetura tradicional indiana. O conjunto rico e encantador resultou em um estilo de arquitetura original, o indo-deco.

Qalhat, Omã

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Omã - Construtora Laguna

Do século XI ao XV, Qalhat foi uma importante rota comercial entre Arábia, África Oriental, Índia, China e Sudeste Asiático.

Sítio arqueológico de Sassanid, Irã

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Irã - Construtora Laguna

Localizadas na província de Fars, as ruínas de Sassanid são patrimônio de um império que durou mais de 400 anos. Os palácios fortificados de Firuzabad, Bishapur e Sarvestan, as fortalezas e cidades expressam a mistura entre as culturas aquemênidas e romanas.

Thimlich Ohinga, Quênia

As 13 maravilhas culturais nomeadas pela UNESCO em 2018 - Quênia - Construtora Laguna

Os muros de pedra de Thimlich Ohinga variam de 1 a 4 metros e situam-se próximo ao lago Vitória, no Oeste do Quênia. São os mais antigos e mais bem conservados exemplos da arquitetura local desenvolvida pelas comunidades pastoris.

Leia também: Inspiração: balanços em ambientes internos

A Construtora e Incorporadora Laguna possui mais de 20 anos de atuação no mercado imobiliário e desde 1996 vem desenvolvendo empreendimentos únicos, de alto valor agregado.

Visite nosso site para saber mais construtoralaguna.com.br

Deixar um comentário