Street art: dos muros para as paredes

Street art: dos muros para as paredes - Construtora Laguna

A street art, também chamada de “arte urbana”, nunca esteve tão em evidência. Não são poucos os artistas dessa vertente que vêm ganhando destaque nas galerias mais renomadas do mundo.

No cenário internacional, nomes como Jean-Michel Basquiat e Banksy deram o pontapé para que a street art ganhasse espaços tão requisitados nos leilões, atingindo preços antes inimagináveis.

No Brasil, a arte urbana segue o mesmo ritmo. Os Gêmeos, Eduardo Kobra e Speto também ajudaram a projetar essa modalidade artística, atraindo o olhar até de arquitetos e decoradores, que hoje trazem a influência das ruas para projetos comerciais e residenciais.

Street art dos muros para as paredes - Construtora Laguna

Curitiba, especialmente, vem abrindo espaço para a arte urbana e acompanhando essa tendência mundial. Ao visitar galerias como Zilda Fraletti e SIM, é possível que o público se aproxime cada vez mais de artistas referências nos grandes centros urbanos. A lista de talentos não é pequena: Rimon Guimarães, Leandro Cínico, Paulo Auma, Jorge Galvão, André Mendes, Juan Parada, Thiago Galileo.

Street art dos muros para as paredes - Construtora Laguna

André Mendes, por exemplo, já deixou algumas contribuições artísticas pela cidade, entre elas a fachada do Hospital Pequeno Príncipe. Um dos murais encomendados ao artista está hoje na casa de um colecionador na Suíça, em uma parede com mais de 300 anos.

Street art dos muros para as paredes - Construtora Laguna

Arte Urbana no EOS Barigui

 O artista plástico Paulo Auma deixou seus traços no painel que enfeita a pista de skate EOS Barigui. Ele, Ivane e Roger, artistas do Circo Ótico, criaram juntos a ideia. Ivane fez o efeito ótico com os padrões de repetição do fundo e o geométrico agudo, Roger montou as letras na parte inferior e Auma fez a união desses dois universos visuais com a deusa grega do amanhecer, a “EOS”.

Paulo Auma – Carreira internacional

México

O artista ilustrou um coiote com patas mecânicas e dorso formado por vagões de trem e carros. A imagem faz referência aos mitos da cultura mexicana inseridos no contexto contemporâneo.

Palestina

Inicialmente, a proposta era pintar um muro com imagens infantis lúdicas, alegres e com destaque para o mar, já que o povo palestino tem forte ligação com ele. Contudo, na mesma época em que Auma estava por lá, o repórter italiano Vittorino Arrigoni, que fazia parte de um movimento pró-Palestina e contou em livro suas aventuras no país, foi assassinado na Faixa de Gaza.

Paulo e outros artistas decidiram então fazer uma homenagem ao jornalista, pintando seu rosto em uma das ruas mais importantes de Ramallah contendo os dizeres “Ainda somos humanos”, em italiano. Depois desse episódio, Auma também foi convidado para fazer uma exposição na Itália.

Trabalhos como o de Paulo Auma e André Mendes são capazes de transformar projetos em algo que faça parte do universo pessoal do proprietário: são traduções de identidades em paredes autorais.

 

 

Leia também:  Talentos da nova geração do design

 

A Construtora e Incorporadora Laguna possui mais de 20 anos de atuação no mercado imobiliário e desde 1996 vem desenvolvendo empreendimentos únicos, de alto valor agregado.

Visite nosso site para saber mais construtoralaguna.com.br

Deixar um comentário