Como utilizar plantas no apartamento?

Como utilizar plantas no apartamento - Construtora Laguna

As plantas purificam o ar, dão vida aos ambientes e ainda servem como um belo elemento para compor a decoração. Não à toa, existem cada vez mais adeptos do seu cultivo. Embora as plantas possam necessitar de cuidados especiais, muitas espécies se adaptam bem a apartamentos e imóveis menores. Confira a seguir dicas de plantas para cultivar dentro de casa e algumas imagens para você se inspirar.

Costela-de-adão

Pertencente ao gênero Monstera, a costela-de-adão é uma folhagem muito bonita e exótica, de origem mexicana e acostumada a climas tropicais. Com amplas folhas verdes “entrecortadas”, ela se adapta a quase todo tipo de ambiente.

“Por ser uma planta nativa do México, ela acaba sendo muito ligada a decorações e ornamentações internas com uma pegada mais tropical. Porém, podemos fugir desse estilo, pois a folhagem e a cor da costela-de-adão são neutras e acabam sendo fáceis de combinar dentro de uma decoração mais sutil” afirma a paisagista Rayra Lyra Araújo, da empresa J Lira Green Life.

Próximo ao local onde ela será colocada é possível incluir outras espécies de diferentes formatos e alturas, para obter uma composição mais rica. Usar cachepôs rústicos de palha ou de corda pode conferir mais charme ao local. Vasos transparentes também são uma boa opção.

Xanadu

No vaso acima, a planta em destaque é a xanadu, espécie que prefere ambientes com pouca iluminação, sem exposição direta ao sol. Por isso, o ideal é mantê-la em um local à meia-luz. A xanadu não precisa de poda, somente de limpeza das folhas secas e murchas. Manter seu solo úmido é importante, mas atente-se para não o encharcar. Assim como a costela-de-adão, a xanadu é uma espécie linda, de folhas verde-escuras “desenhadas”.

Bananeira

Além de ser uma planta exuberante que tem a cara do verão, a bananeira é de rápido crescimento e pode dar a qualquer ambiente uma aparência moderna. Essa é uma excelente espécie para decorar ambientes internos, já que não requer muitos cuidados, basta ter um local bem iluminado e regá-la frequentemente. As bananeiras-anãs podem crescer entre 2 e 4 metros de altura, enquanto as comuns chegam a atingir 15 metros.

Samambaia

Ícones da decoração nos anos 70, as samambaias voltaram com tudo e podem ser adotadas em casas e apartamentos de todos os estilos, desde os modernos até os mais clássicos. A planta pode ser cultivada em vasos suspensos ou próximo ao piso, em sacadas, varandas e jardins verticais. As samambaias são verdadeiros coringas e o caimento das folhas confere um charme especial aos espaços. Para quem prefere plantas de porte menor, a minissamambaia é uma boa alternativa.

Palmeira-leque

Outra planta ornamental muito utilizada no design de interiores é a palmeira-leque. De caule delicado e delgado, ela possui folhas largas e cheias de “dobrinhas”, que se assemelham ao formato de um leque. É uma espécie de crescimento lento, sendo mais utilizada em ambientes bem iluminados. Além disso, dê preferência por colocá-la em lugares amplos, acompanhando o porte da planta.

Nos empreendimentos da Construtora e Incorporadora Laguna, valorizamos a arte de unir arquitetura e paisagismo nos projetos. É o caso do MAI Terraces e do ALMÁA Cabral, que aliam sensação de conforto, exclusividade e conexão com a natureza.

Leia também: Como inserir arranjos de flores e plantas no lar

Desde 1996, a Construtora e Incorporadora Laguna vem desenvolvendo empreendimentos únicos, que possuem arquitetura diferenciada e design inovador. Além disso, somos a construtora com mais projetos sustentáveis do Sul do país. Visite nosso site e saiba mais: http://construtoralaguna.com.br/

Deixar um comentário