Paris 2024: primeira Olimpíada ecológica

Paris 2024 primeira Olimpíada ecológica - Construtora Laguna

Depois de 100 anos, Paris volta a sediar os Jogos Olímpicos. Com projeto desenvolvido pelo escritório Populous, referência em grandes eventos esportivos, a Olimpíada de 2024 promete ser a primeira ecológica da história.

O planejamento tem foco na sustentabilidade, visando otimizar ao máximo o que está disposto na cidade. Segundo a empresa, 95% da infraestrutura já existe ou terá adaptações temporárias, diminuindo o custo operacional e intervenções desnecessárias na cidade do amor.

Paris 2024 primeira Olimpíada ecológica - Construtora Laguna

A Vila Olímpica é um dos únicos espaços que terá construção 100% nova. Mas tem destino certo: futuramente será moradia para a população de baixa renda.

Além da economia, as disputas prometem ter um visual único, com vista para os principais pontos turísticos parisienses. Os jogos de vôlei de praia serão realizados próximo à Torre Eiffel e as maratonas aquáticas, no Rio Sena. Já as provas de hipismo acontecem nos Jardins do Palácio de Versalhes, enquanto as corridas de ciclismo ocorrem na Champs-Élysées.

Paris 2024 primeira Olimpíada ecológica - Construtora Laguna

Paris 2024 primeira Olimpíada ecológica - Construtora Laguna

Paris 2024 primeira Olimpíada ecológica - Construtora Laguna

 

A mobilidade é outro ponto importante para os Jogos de 2024. Serão dois núcleos, o Paris Centre e o Grand Paris, garantindo que 22 modalidades estejam localizadas em um raio máximo de 10 km de distância. O plano prevê que todos os espectadores possam se locomover de um jogo para o outro usando transportes sustentáveis, iniciativa que corrobora a promessa de que Paris irá extinguir carros a gasolina e a diesel até 2040.

 

 

Leia também: Residencial de luxo no Batel será o mais eficiente do Brasil

 

Deixar um comentário