China: geração de energia pela biomassa

Usina chinesa energia limpa - Laguna

É mesmo surpreendente, mas em 2010, a China consumia 14% da energia gerada no mundo, e possuía uma das maiores reservas de carvão, fonte altamente poluidora.

Não só isso, na época, 20 das 30 cidades mais poluídas do planeta eram chinesas. Foi a partir deste cenário assustador que o país resolveu investir em alternativas energéticas.

Ainda este ano, começará a ser construída a maior usina de conversão de lixo em energia do planeta, na cidade de Shenzhen. Ela terá capacidade para incinerar 5 mil toneladas de resíduos em apenas um dia, e sua inauguração está prevista para 2020.

Usina chinesa energia limpa 2 - Laguna

O objetivo é que a usina fique aberta ao público, desta forma, os cidadãos poderão conhecer os processos de produção, além de receber informações sobre a necessidade de redução do montante de lixo.

Atualmente, a China já utiliza 9% de energia limpa, mas seu objetivo é atingir os 15% até a conclusão da nova usina.

Leia também: Primeira ciclovia solar do mundo

A Construtora e Incorporadora Laguna possui mais de 20 anos de atuação no mercado imobiliário e desde 1996 vem desenvolvendo empreendimentos únicos, de alto valor agregado.

Visite nosso site para saber mais construtoralaguna.com.br

Deixar um comentário