Acompanhamento da Obra

Um paisagismo sustentável

Em entrevista ao “Por Dentro da Obra”, o arquiteto paisagista Marcelo Calixto, conversou sobre o novo conceito de paisagismo sustentável e onde ele tem buscado inspiração para fazer o projeto do Iguaçu 2820.  Calixto é arquiteto, formado também em designer industrial, tendo marca registrada do seu trabalho a versatilidade e o estilo contemporâneo, bem como o rigor na identificação e pesquisa de espécies adaptadas ao conceito e à proposta de cada empreendimento.

Por Dentro da Obra: O que é o paisagismo sustentável?

O paisagismo sustentável é aquele que respeita a natureza e as pessoas, prevendo acessibilidade constante a um ambiente de contemplação e relaxamento.

Pode-se dizer que é também um espaço de educação ambiental, quando há a preservação de espécies de relevância ambiental, cultural e paisagística.

Por Dentro da Obra: Como isto é feito?

Por meio de estudos. É o que estamos fazendo nesta etapa da obra do Iguaçu 2820. Ou seja, colhendo informações sobre várias espécies de flores, plantas e gramíneas e selecionando materiais de baixo impacto ambiental, para criar a estrutura física dos espaços que compõe a área verde, tudo com uma preocupação ambiental e ecológica.

A idéia é obter um menor custo de serviços de jardinagem, bem como trabalhar com mínimo de irrigação possível, aproveitando prioritariamente as águas da chuva.

Outro ponto, é a escolha de espécies que se adaptem a nossa região  climática. Selecionaremos espécies que gerem melhores condições de ventilação e que sejam adequadas aos ambientes externos e ao jardim suspenso, que é a proposta mais original do empreendimento.

Por Dentro da Obra: Quais espécies podem se adaptar melhor?

Como precisamos racionalizar a água, não adianta plantar  flores que podem sofrer com isso. A mesma coisa para as plantas sensíveis. Estamos estudando espécies com grande beleza plástica, que dão flor em várias épocas do ano, e que necessitam de pouca água, sendo igualmente resistentes ao clima da cidade.

Por Dentro da Obra: Você poderia citar algumas  das espécies que pensa em compor o paisagismo?

Uma das alternativas de flores para os jardins do Iguaçu 2820  são os agapanthus , também chamados de “lírio do Nilo” , originários da África do Sul, e que hoje estão disseminados no mundo todo, devido a sua grande beleza e resistência.

Outra alternativa é a estrelítzia-de-lança, que é uma planta de aspecto exótico, tipicamente tropical. Ela não apresenta folhas ou caule, mas hastes cilíndricas, pontiagudas, rijas e de coloração verde-azulada.

Para o solo precisamos escolher gramíneas, como o capim pennisetum purpureum, que possui resistência relativa à seca e ao fogo.

Já os arbustos, é possível usar o nolina, ou vulgarmente conhecido como pata-de-elefante, que  se parece com uma palmeira, mas é uma arvoreta que pode ficar com cinco metros de altura, quando adulta. Ela pode sobreviver a longos períodos de estiagem e se manter bela.

Por Dentro da Obra: Aonde você tem buscado inspiração para este projeto?

Busco inspiração no Brasil e no exterior, em viagens que faço. Tenho ido muito visitar várias estufas aqui perto em Corupá (SC)  e no Nordeste, em Maceió (AL).

Quando estou em São Paulo, não deixo de ir na Feira de Flores da Ceagesp, considerada a maior do gênero no País, que tem uma variedade enorme de espécies.

Fora do Brasil minha inspiração é Buenos Aires. A capital da Argentina, além do charme dos projetos paisagísticos de lá, tem um clima é muito parecido com o de  Curitiba, fazendo com que muitos dos experimentos feitos lá possam também ser aplicados aqui.

Deixe um comentário

Muitas conquistas, comemorações e realizações em 2010

Laguna ganha Prêmio de Melhor Empreendimento do Ano

A arquitetura de vanguarda e os diferenciais construtivos do Residencial Éden rederam à Laguna o prêmio de Melhor Empreendimento do Ano (2009-2010), concedido pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-PR).

Considerada uma dos mais importantes premiações do setor imobiliário, o Prêmio Ademi (PR) aconteceu na quarta-feira (24), às 19h30, no Castelo do Batel, com a presença de autoridades e líderes de mercado, que prestigiaram o evento de reconhecimento das melhores iniciativas e personalidades do setor no período.

Além prêmio concedido à Laguna com o Residência Éden – edifício de altíssimo padrão que traz um arrojado conceito de residências suspensas – a entidade premiou a Invespark e o fundador da Casteval, Osvaldir Benato, com os prêmios de Incorporador do Ano e Personalidade do Ano, respectivamente. Para conhecer os diferenciais do Éden assista ao vídeo feito exclusivamente para o evento  aqui !

Evento marca sucesso de vendas do Iguaçu 2820

Em comemoração ao sucesso das atividades do ano de 2010, no dia 31/11, foi realizado evento nas instalações do Plantão de Vendas do Iguaçu 2820, para a confraternização de parceiros e fornecedores que atuam diretamente no desenvolvimento de projetos vinculados à obra do empreendimento.

A partir de dezembro, o local será desativado, para que a construção avance nesta direção, ocupando a área que hoje abriga o espaço comercial.

De acordo com o diretor da Laguna, Gabriel Raad, a demolição do plantão de vendas marca uma nova etapa do projeto e a consolidação do sucesso comercial do empreendimento, que já se encontra com quase todas as unidades vendidas.

Raad explica que a desmontagem do plantão vai atender às diretrizes de sustentabilidade  e que será feito um rigoroso check list dos materiais e resíduos, no sentido de dar uma destinação correta aos mesmos e aproveitar boa parte para reciclagem, gerando o menor impacto possível ao meio ambiente.

“O setor da construção civil é responsável pela geração de 80 milhões de toneladas/ano de resíduos, portanto é  nossa responsabilidade refletir sobre toda a cadeia produtiva e em como vamos buscar soluções sustentáveis para lidar  com os nossos negócios, com os nossos colaboradores e com a sociedade em geral”, ressalta engenheiro, diretor da Laguna.

Gabriel e Isabel Raad, com a equipe de vendas da Opportunity, empresa parceira da Laguna.

Gabriel Raad, ladeado dos arquitetos  Sandra Pinho Pinheiro e Guido Petinelli, da Petinelli Soluções em Green Building.

Gabriel Raad, o arquiteto Hélio da Baggio Pereira & Schiavon Arquitetura e Isabel Raad.

A consultora em Recursos Humanos, Luciana Basso e Cristina Raad.

Juliana Longo Raad e Maria Bernadete Raad, entre as convidadas, Andreia Saparolli e a artista Maria Helena Saparolli, que expôs peças da sua coleção de cerâmicas e vidros no evento.

Marcelo Saparolli, Faissal Raad e Gabriel Raad.

Coordenador de Obras, João Ozorio e o engenheiro residente Maurício, com Gabriel Raad.

Maria Bernardete Raad, Lúcio Carneiro, Isabel Raad e o casal Andrea e Marcelo Saparolli.

Nivaldo Antonio Zavan e Roberto Pimenta.

Renato Alves da Opportunity, Manuel Baggio Pereira, da Baggio Pereira & Schiavon Arquitetura e Gabriel Raad.

Deixe um comentário

Eficiência energética em questão

Os edifícios são responsáveis por 50% de toda a energia elétrica consumida, conforme pesquisa do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS).

Por este motivo, a busca por soluções inteligentes, que garantam maior eficiência energética e redução do consumo é algo crucial na construção de edifícios verdes, em especial os corporativos, quem explica isto é o engenheiro, Nivaldo Antonio Zavan, responsável pelo projeto elétrico do Iguaçu 2820.

“Pouca gente se dá conta que grande parte do desperdício energético dos edifícios deriva do uso inadequado de aparelhos simples, como uma lâmpada acesa em uma sala sem ninguém, luz que não serve ao seu propósito de iluminação”, explica o engenheiro Nivaldo Antonio Zavan.

ILUMINAÇÃO NATURAL

Ele destaca que a colocação de interruptores em locais estratégicos e sempre que possível priorizar a luz natural nos ambientes é algo que diminui consideravelmente o consumo energético nos edifícios, em especial os corporativos.

Ele ressalta ainda que no caso do Iguaçu 1820, sua equipe atuou desde a definição prévia dos espaços técnicos, definindo cabinas elétricas, geradores, shafts até especificação de luminárias de alto rendimento, motores de alta eficiência, priorização do uso da iluminação natural, independência no acendimento de luminárias periféricas, aliando o conforto e racionalização energética.

“O uso da luz natural no ambiente de trabalho transforma também alguns hábitos corporativos, gerando maior consciência em quem usa as instalações prediais, consolidando assim os valores e princípios da sustentabilidade”, ressalta o engenheiro.

Ele frisa também que a inovação é um componente importante na construção de edifícios verdes, pois os gastos são mensurados e avaliados em simulações energéticas que devem atender aos requisitos da certificação LEED (Leadership in Energy  and Environmental Design).

INOVAÇÃO NOS MÍNIMOS DETALHES

“Agimos nos detalhes, desde a especificação de cabeamentos até a utilização de motores, que conjugados somam eficiência energética ao empreendimento”, ressalta o engenheiro que é um dos sócios proprietário  da Jaguarê Projetos.

Criada em  1977, a sua empresa é membro ativo do Green Building Council Brasil (GBC Brasil),  contando com um acervo de mais de mil projetos nas áreas de elétrica, hidráulica e prevenção, em empreendimentos comerciais, industriais, residenciais, hotéis, hospitais, instituições de ensino, entre outros.

Deixe um comentário

A Obra Iguaçu 2820 em imagens

Vista de cima da obra do Iguaçu 2820, com destaque para os tamques de polímero (material utilizado na contenção do terreno) e ao lado as armaduras das lamelas também utilizadas no processo de contenção do terreno.

Vista aérea da Obra do Iguaçu 2820, mostrando toda a área do canteiro.

Colaborador no cargo de armador, fazendo a solda.

Máquinas trabalhando. Uma retroescavadeira no primeiro plano e ao fundo o guincho com o clamshel (equipamento de escavação).

Colaboradores da Laguna trabalhando na Obra do Iguaçu 2820.

Deixe um comentário

Novo layout do canteiro otimiza o trabalho

O canteiro de obras do Iguaçu 2820 está passando por um reposicionamento de layout, nesta fase da obra. De acordo com Cassia Assumpção, engenheira responsável pelo planejamento Obras da Construtora Laguna, com este novo layout, a obra ficará mais funcional e melhor sinalizada. “Este processo é fundamental para otimizar o trabalho na obra, evitar o desperdício e, principalmente , garantir a segurança dos trabalhadores”, ressalta a engenheira.

“A obra ganhou sinalização nos pontos estratégicos, que serve de reforço visual e complementa o treinamento da mão-de-obra, além alertar a equipe de obra  sobre quais devem ser os locais da correta armazenagem e o melhor fluxo para materiais, pessoas e  equipamentos”, explica a engenheira. (mais…)

Deixe um comentário
Página 16 de 19« Primeira...10...1415161718...Última »
Iguaç 2820

Acompanhamento da Obra

Contenção
100%
100%
Escavação/Tirantes
100%
100%
Fundação
100%
100%
Estrutura
100%
100%
Alvenaria/ Divisórias internas
100%
100%
Inst. Elétricas/Automação
100%
100%
Inst. Hidráulicas/Incêndio
100%
100%
Impermeabilização
100%
100%
Instalações ar condicionado
100%
100%
Fachada
100%
100%
Serralheria
100%
100%
Elevadores
100%
100%
Acabamentos
100%
100%
Louças, Tampos e Metais
100%
100%
Portas e Fechaduras
100%
100%
Luminárias
100%
100%
Paisagismo
100%
100%

* Atualizado em Fevereiro de 2014

Assine Agora!

 
  • Flickr

  • Código de Conduta

    Transparência

    O blog é um canal de relacionamento transparente e democrático. Qualquer visitante pode dar sua opinião sobre a Construtora Laguna, seus produtos, serviços e atuação no mercado usando o link "Comentário". Nenhum comentário será moderado, editado ou censurado desde que observadas as seguintes questões:

    Ler mais

    Magic Web Design

    Copyright © 2013